sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Nutrição no esporte

Ter uma alimentação adequada é fundamental para se ter um bom desempenho físico, além de ajudar a prevenir lesões, intensificar a recuperação do exercício, ajudar a manter o peso corporal e melhorar a saúde em geral.

As recomendações nutricionais devem estar de acordo com a intensidade, duração e tipo de treinamento; porém, algumas orientações devem ser seguidas por todos os praticantes de atividade física, sejam eles atletas competitivos ou de final de semana.

Deve-se ter uma dieta balanceada que contenha carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e água em quantidades adequadas e individualizadas.

- Macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras): são essenciais para a recuperação muscular, para a manutenção do sistema imunológico, para o equilíbrio do sistema endócrino e para a manutenção e/ou melhora da performance.

- Micronutrientes (vitaminas e minerais): desempenham papel importante na produção de energia, síntese de hemoglobina, manutenção da saúde óssea, função imunológica e proteção dos tecidos corporais em relação aos danos oxidativos causados pelo exercício.

- Água: a falta dela provoca desidratação, que afeta a força muscular, aumenta o risco de cãibras e hipertermia (aumento da temperatura corporal) e, conseqüentemente, diminui o desempenho físico, produzindo riscos para a saúde.

Lembre-se que primeiro o esportista deve passar por uma avaliação física e nutricional com profissional capacitado, para que possíveis carências alimentares sejam detectadas, e só assim a recomendação de suplementos seja feita.

Cuidado, pois o principal erro que os esportistas cometem é realizar o exercício físico em jejum. O nosso organismo precisa da energia dos alimentos, caso contrário a energia é retirada dos músculos, diminuindo, assim, a massa magra.

Portanto, não esqueça que a dupla exercício físico + dieta balanceada deve estar presente tanto quando o objetivo for performance quanto quando o objetivo for emagrecimento e/ou aumento da massa magra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário