quarta-feira, 7 de abril de 2010

Dia Mundial da Saúde

Hoje é o dia mundial da saúde.

O tema escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para a campanha foi "1000 cidades, 1000 vidas" e serão organizados eventos em todo o mundo, convidando as cidades a disponibilizar espaços para atividades de saúde.

Para a comemoração deste ano, serão destacados os efeitos da urbanização sobre a saúde coletiva e individual, na medida em que metade da população do planeta vive atualmente em cidades.

Em seu discurso, o secretário geral da Organização das Nações Unidas (ONU) lembrou que as ameaças à saúde são múltiplas: "saneamento e recolha de desperdícios inadequados, poluição causada pela indústria e circulação, doenças infecciosas que se propagam devido às condições de miséria e de superpovoamento, elevadas taxas de tabagismo, falta de exercício físico, dietas alimentares pouco saudáveis, crime, violência e uso de substâncias nocivas".

A partir disso, percebe-se que a definição de saúde é bastante ampla. Antigamente, o significado de saúde era simplesmente a ausência de doenças. Hoje, se sabe que falar em saúde é percorrer um caminho ilimitado.

Há 62 anos, no dia 7 de abril, a OMS divulgou a carta de princípios que continha a definição de saúde como “o estado do mais completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de enfermidade”.

Ao longo desses anos, o conceito foi ampliando e pode-se dizer que os cuidados primários de saúde devem incluir pelo menos: educação em saúde, nutrição adequada, saneamento básico, cuidados materno-infantis, planejamento familiar, imunizações, prevenção e controle de doenças endêmicas, fornecimento de medicamentos essenciais.

Assim, pode-se considerar a saúde como um estado positivo que deve ser promovido, buscado, cultivado e aperfeiçoado.

Vamos atrás da nossa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário