quinta-feira, 1 de julho de 2010

Por que mastigar bem?

Uma das principais orientações que deve acontecer durante o processo de reeducação alimentar é em relação à mastigação.

A mastigação é a fase inicial da digestão e tem como objetivo a quebra e a trituração dos alimentos, reduzindo-os em pedaços menores e adequados para serem deglutidos e chegarem ao estômago.

Por melhorar a digestão, a mastigação lenta e adequada ajuda a evitar possíveis desconfortos gastrointestinais como azia, náuseas, gases abdominais, refluxo.

Durante o processo de mastigação, o organismo recebe sinais e se prepara para a digestão e a assimilação dos nutrientes, até que a fome seja saciada.

A grande questão é que esses sinais demoram alguns minutos para serem liberados e chegarem ao centro de saciedade do cérebro. A partir disso, o cérebro avisa ao organismo que está saciado e satisfeito, interrompendo a necessidade de ingerir-se alimentos.

Dessa forma, quando se come rápido demais, corre-se o risco de ingerir uma quantidade muito maior de alimentos, pois a informação de que aquilo que se comeu é suficiente demora para chegar ao organismo que entende que ainda estamos com fome.

A falta de uma mastigação adequada, portanto, tem sido apontada como um dos fatores que contribuem para a menor saciedade e, assim, maior consumo alimentar.

Lembre-se, então, que mastigar bem os alimentos é fundamental para uma digestão completa, para a sensação de saciedade e para a manutenção do peso ideal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário