segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Enxaqueca e Nutrição

A enxaqueca é desencadeada por uma reação inflamatória imprevisível em volta dos vasos sanguíneos das meninges (membranas que protegem o cérebro).

É considerada uma doença genética e crônica que apresenta diversos fatores desencadeantes, que variam de pessoa para pessoa.

Fatores alimentares estão relacionados com a doença, tornando-se importante a identificação de alimentos que poderiam estar ocasionando uma crise para, assim, evitá-los.

Alguns dos alimentos mais citados como desencadeantes da enxaqueca são:

- Açúcar e doces.

- Bebidas alcoólicas.

- Adoçantes, principalmente o aspartame.

- Glutamato monossódico, utilizado para acentuar o sabor de diversos alimentos industrializados, como sopas de pacote, caldos e temperos.

- Nitritos, utilizados para realçar a coloração e o aspecto dos alimentos, presentes principalmente em embutidos como salsichas e linguiças.

- Cafeína, presente principalmente no café, chá preto, chimarrão, refrigerantes a base de cola.

- Alimentos que contêm tiramina, como queijos curados, carnes processadas, bebidas alcoólicas, lentilha, amendoim e sementes.

Além disso, comportamentos alimentares inadequados como o jejum prolongado também pode desencadear o problema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário